TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem-vinda(o) à MarMel visualARTS do premiado artista Ton MarMel que desde infante manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, participou de dezenas de salões, exposições no Brasil e exterior, é Doutor em Direito Público que tem a missão de oferecer conhecimento, obras e serviços de excelência com criatividade, segurança e eficiência. 


SEGUIDORES DE MARMEL

TOTAL DE VISITANTES

DESTAQUE

CARTA ABERTA A EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE A SITUAÇÃO DA ARTE E DO ARTISTA BRASILEIROS - http://marmel-ton-marmel.blogspot.com/2011/09/carta-aberta-excelentissima-senhora.html
- "NÓS,BRINQUEDOS" - Conjunto de mais de 600 TELAS executadas em técnicas diversas, distribuído em 4 Volumes, acompanhado de TEXTO-TESE indicativo que pode ser lido integralmente neste link de postagem anterior http://marmel-ton-marmel.blogspot.com/2011/05/nos-brinquedos.html#links - "NÓS, BRINQUEDOS: porque desde a infância somos nossos próprios brinquedos, realizações, sonhos, projetos, inventos, alegrias e decepções." (MarMel) - "Ninguém te sacudiu pelos ombros quando ainda era tempo. Agora, a argila de que

sexta-feira, outubro 30, 2015

O QUE REALMENTE IMPORTA



Participamos, recentemente, de um incidente inspirador. Era uma terça-feira e nos vimos ajudando duas senhoras de idade. Elas haviam perdido o controle do veículo e capotaram em uma curva, saindo ilesas do acidente. Mas, o fato que nos surpreendeu foi o bom humor com que elas enfrentaram o acidente e a seguradora. Ambas iam para um encontro de família, pois a matriarca comemorava, exatamente nessa data, 100 anos, e a irmã mais nova faria o discurso na missa, o que a deixava parecer uma adolescente, de tanta excitação com o fato.

 


 Quando as levei para a cidade, enquanto Tico esperava o guincho, elas insistiram para que eu bebesse com elas uma cerveja, para relaxar do ocorrido e comemorar a vida, já que pretendiam viver até perto dos 100 anos.



E você? O que está comemorando hoje? Nada?! Então comece a fazê-lo, brinde sua vida, seus amigos, sua família, seu trabalho, enfim, o que você quiser. Mas, se acha isso tudo bobagem ou não tem o que comemorar, então, com certeza, já passou a hora de mudar e correr atrás dos seus sonhos e realizá-los.



"Todas as misérias verdadeiras são interiores e causadas por nós mesmos. Erradamente julgamos que elas vêm de fora, mas nós é que as formamos dentro de nós, com a nossa própria substância". (Jacques Anatole France).



MAS, AFINAL, O QUE REALMENTE TE IMPORTA?! O QUE É IMPORTANTE PARA VOCÊ?!



Pois não me importa o que você faz para sobreviver. Quero saber qual a sua dor e se você tem coragem de encontrar o que seu coração anseia.



Não me importa saber sua idade. Quero saber se você se arriscaria parecer com um louco, por amor, pelos seus sonhos, pela aventura de estar vivo.



Não me importa saber quais planetas estão quadrando sua lua. Quero saber se você tocou âmago de sua tristeza, se as traições da vida lhe ensinaram, ou se omitiu por medo de sofrer.



Quero saber se você consegue sentar-se com as dores, minhas ou suas, sem se mexer, para escondê-las, diluí-las ou fixá-las. Quero saber se você pode conviver com a alegria, minha ou sua, se pode dançar com selvageria e deixar o êxtase preenchê-lo até o limite, sem lembrar de suas limitações de ser humano.



Não me importa se a história que você me conta é verdadeira. Quero saber se você é capaz de desapontar o outro para ser verdadeiro para si mesmo; se pode suportar a acusação da traição e não trair sua própria alma. Quero saber se você pode ser fiel e consequentemente fidedigno. Quero saber se você pode enxergar a beleza, mesmo que não sejam bonitos todos os dias, e se pode perceber na sua vida a presença de Deus. Quero saber se você pode viver com as falhas, suas e minhas, e ainda estar de pé na beira do lago e gritar para o prateado da lua cheia .... "Sim"!



Não me importa saber onde você mora ou quanto dinheiro tem. Quero saber se você pode levantar depois de uma noite de pesar e desespero, exausto, e fazer o que tem de fazer para as crianças.



Não me importa saber quem você é, ou como veio parar aqui. Quero saber se você estará ao meu lado no centro do fogo, sem recuar.



Não me importa saber onde, o quê, ou com quem você estudou. Quero saber o que sustenta seu interior quando todo o resto desaba. Quero saber se você pode estar só consigo mesmo e se verdadeiramente gosta da companhia que carrega em seus momentos vazios.



Feliz caminhada a todos .....



Desejo que encontrem a coragem e sabedoria para serem verdadeiros consigo mesmos.



Obrigado por permitir-me partilhar um presente ...