TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, outubro 30, 2015

DESTINO, SABEDORIA E EQUILIBRIO



Você já observou que a maioria das pessoas vive no passado e a cada dia é mais cobrada sobre um futuro que/não existe? Isso mesmo, não existe futuro. O passado é composto por lembranças e experiências; o presente é o agora, são as atitudes; o futuro não existe, precisa ser construído. Então, vamos aprender a construir todas as estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão, ora quebra as expectativas e decepciona e dificilmente ora ultrapassa as expectativas.

 
(Foto montagem Ton MarMel #marmel +MarMel Artista  )


Talvez seja este o aprendizado mais difícil: manter o movimento permanente, a renovação constante, a vida vivida como caminho e mudança na estrada correta.

Acreditamos que isso seja o destino: percorrer o caminho correto, sem saber qual será a paisagem que virá na próxima curva.

"Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é que tudo é um milagre". (Albert Einstein).

Ante isso, o que seriam então as  nossas suposições, sexto sentido, intuição?

Bem, sobre suposição e intuição lembro uma estorinha que é mais ou menos assim:

- Mestre, qual é o significado do destino?
- Suposições, responde o Mestre. Você supõe que as coisas irão bem e elas não vão - a isto chamam azar. Supõe que as coisas irão mal e elas não vão - a isto chamam sorte. Supõe que certas coisas irão ou não acontecer - e, na mais absoluta falta de intuição, não sabe o que irá acontecer. Você supõe que o futuro é desconhecido. Quando você é surpreendido – e a isto chamam Destino.


.