TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES DE MARMEL

TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, outubro 30, 2015

DESTINO, SABEDORIA E EQUILIBRIO



Você já observou que a maioria das pessoas vive no passado e a cada dia é mais cobrada sobre um futuro que/não existe? Isso mesmo, não existe futuro. O passado é composto por lembranças e experiências; o presente é o agora, são as atitudes; o futuro não existe, precisa ser construído. Então, vamos aprender a construir todas as estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão, ora quebra as expectativas e decepciona e dificilmente ora ultrapassa as expectativas.

 
(Foto montagem Ton MarMel #marmel +MarMel Artista  )


Talvez seja este o aprendizado mais difícil: manter o movimento permanente, a renovação constante, a vida vivida como caminho e mudança na estrada correta.

Acreditamos que isso seja o destino: percorrer o caminho correto, sem saber qual será a paisagem que virá na próxima curva.

"Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é que tudo é um milagre". (Albert Einstein).

Ante isso, o que seriam então as  nossas suposições, sexto sentido, intuição?

Bem, sobre suposição e intuição lembro uma estorinha que é mais ou menos assim:

- Mestre, qual é o significado do destino?
- Suposições, responde o Mestre. Você supõe que as coisas irão bem e elas não vão - a isto chamam azar. Supõe que as coisas irão mal e elas não vão - a isto chamam sorte. Supõe que certas coisas irão ou não acontecer - e, na mais absoluta falta de intuição, não sabe o que irá acontecer. Você supõe que o futuro é desconhecido. Quando você é surpreendido – e a isto chamam Destino.


.