TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES DE MARMEL

TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, outubro 30, 2015

COLOQUE FREIO NO EGO



Exercitar a compreensão e agir de igual para igual no dia a dia nos ajuda com a comunicação. É PIEGAS ACHAR QUE É MELHOR, MAIS BONITO, MAIOR E MELHOR QUE TODO MUNDO. No convívio com outras pessoas, o ideal é respeitar a opinião de cada um e agir com calma ao invés de explodir.



 
Calçar as “sandálias da humildade” de São Francisco de Assis não faz mal a ninguem, ao contrário, só faz bem a todo ser humano.

Coloque um freio no meu ego

1) Monitore os sinais de perigo da extrapolação do ego. Você costuma levantar a voz quando os outros questionam suas ideias?

2) Perceba que seu sucesso depende do esforço dos outros.

3) Reduza à metade as declarações que começam com "EU".

4) Pare de falar e comece a ouvir. Use a sugestão dos outros.

5) Imite as pessoas que exercitam o poder, mas mantêm a humildade.

6) Caia na real: quantos dos seis bilhões de terráqueos terão coisas positivas a dizer a seu respeito?

7) Todos dizem uma tolice em algum momento. Aprenda a rir das suas.

8) Seja humilde e demonstre humildade.

9) Aprenda a reconhecer seus erros e demonstrar com palavras e atitudes que reconhece seu erro enquanto procura repará-los.

10) Peça desculpas toda vez que constranger alguém.

11) Afaste-se dos esnobes. Ajude os oprimidos.

12) Torne-se um líder servil. Pergunte a seus funcionários o que eles precisam de você para ter sucesso.

No livro A Arte da Felicidade, Dalai Lama ensina como reconhecer nossos erros sem culpa. Ele afirma de uma maneira muito clara e objetiva: “Produtos de um mundo imperfeito, todos nós somos imperfeitos. Cada um de nós fez algo de errado. Há coisas que lamentamos – coisas que fizemos ou que deveríamos ter feito. Reconhecer nossos erros com um verdadeiro sentimento de remorso pode servir para nos manter na linha na vida e pode nos estimular a corrigir nossos erros quando possível e dar os passos necessários para agir corretamente no futuro. Porém, se permitirmos que nosso remorso degenere, transformando-se em culpa excessiva, se nos agarrarmos à lembrança de nossas transgressões passadas com uma contínua atitude de censura e ódio a nós mesmos, isso não leva a nenhum objetivo, a não ser o de representar uma fonte implacável de autopunição e de sofrimento induzido por nós mesmos.”

Contemple essas sábias palavras de Dalai Lama e aprenda com seus erros, sem culpa, e sem angústias. Não se diminua. Não permita que isso impeça você de avançar e progredir. Um erro não pode se tornar uma fonte de desânimo, de depressão ou atrapalhar o seu modo de conduzir a vida dando o melhor de você.

É necessário aceitar a nós mesmos, com nossas limitações, fraquezas, equívocos de julgamento, sem excesso de culpa ou desprezo. Em vez de nos diminuir e gerar sofrimento desnecessário para nós mesmos, devemos saber lidar com nossas emoções. Devemos reconhecer os erros, pedir desculpas, aprender com humildade, com a intenção de ‘retificar as coisas no futuro”.

Em vez de nos concentrar nos erros, é melhor concentrar nossa atenção em ajudar as outras pessoas da melhor maneira possível, criando assim um ego positivo e uma mente amiga. Fique em paz!

Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!


.