TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, outubro 30, 2015

COLOQUE FREIO NO EGO



Exercitar a compreensão e agir de igual para igual no dia a dia nos ajuda com a comunicação. É PIEGAS ACHAR QUE É MELHOR, MAIS BONITO, MAIOR E MELHOR QUE TODO MUNDO. No convívio com outras pessoas, o ideal é respeitar a opinião de cada um e agir com calma ao invés de explodir.



 
Calçar as “sandálias da humildade” de São Francisco de Assis não faz mal a ninguem, ao contrário, só faz bem a todo ser humano.

Coloque um freio no meu ego

1) Monitore os sinais de perigo da extrapolação do ego. Você costuma levantar a voz quando os outros questionam suas ideias?

2) Perceba que seu sucesso depende do esforço dos outros.

3) Reduza à metade as declarações que começam com "EU".

4) Pare de falar e comece a ouvir. Use a sugestão dos outros.

5) Imite as pessoas que exercitam o poder, mas mantêm a humildade.

6) Caia na real: quantos dos seis bilhões de terráqueos terão coisas positivas a dizer a seu respeito?

7) Todos dizem uma tolice em algum momento. Aprenda a rir das suas.

8) Seja humilde e demonstre humildade.

9) Aprenda a reconhecer seus erros e demonstrar com palavras e atitudes que reconhece seu erro enquanto procura repará-los.

10) Peça desculpas toda vez que constranger alguém.

11) Afaste-se dos esnobes. Ajude os oprimidos.

12) Torne-se um líder servil. Pergunte a seus funcionários o que eles precisam de você para ter sucesso.

No livro A Arte da Felicidade, Dalai Lama ensina como reconhecer nossos erros sem culpa. Ele afirma de uma maneira muito clara e objetiva: “Produtos de um mundo imperfeito, todos nós somos imperfeitos. Cada um de nós fez algo de errado. Há coisas que lamentamos – coisas que fizemos ou que deveríamos ter feito. Reconhecer nossos erros com um verdadeiro sentimento de remorso pode servir para nos manter na linha na vida e pode nos estimular a corrigir nossos erros quando possível e dar os passos necessários para agir corretamente no futuro. Porém, se permitirmos que nosso remorso degenere, transformando-se em culpa excessiva, se nos agarrarmos à lembrança de nossas transgressões passadas com uma contínua atitude de censura e ódio a nós mesmos, isso não leva a nenhum objetivo, a não ser o de representar uma fonte implacável de autopunição e de sofrimento induzido por nós mesmos.”

Contemple essas sábias palavras de Dalai Lama e aprenda com seus erros, sem culpa, e sem angústias. Não se diminua. Não permita que isso impeça você de avançar e progredir. Um erro não pode se tornar uma fonte de desânimo, de depressão ou atrapalhar o seu modo de conduzir a vida dando o melhor de você.

É necessário aceitar a nós mesmos, com nossas limitações, fraquezas, equívocos de julgamento, sem excesso de culpa ou desprezo. Em vez de nos diminuir e gerar sofrimento desnecessário para nós mesmos, devemos saber lidar com nossas emoções. Devemos reconhecer os erros, pedir desculpas, aprender com humildade, com a intenção de ‘retificar as coisas no futuro”.

Em vez de nos concentrar nos erros, é melhor concentrar nossa atenção em ajudar as outras pessoas da melhor maneira possível, criando assim um ego positivo e uma mente amiga. Fique em paz!

Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!


.