TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem-vinda(o) à MarMel visualARTS do premiado artista Ton MarMel que desde infante manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, participou de dezenas de salões, exposições no Brasil e exterior, é Doutor em Direito Público que tem a missão de oferecer conhecimento, obras e serviços de excelência com criatividade, segurança e eficiência. 


SEGUIDORES DE MARMEL

TOTAL DE VISITANTES

DESTAQUE

CARTA ABERTA A EXCELENTÍSSIMA SENHORA PRESIDENTA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOBRE A SITUAÇÃO DA ARTE E DO ARTISTA BRASILEIROS - http://marmel-ton-marmel.blogspot.com/2011/09/carta-aberta-excelentissima-senhora.html
- "NÓS,BRINQUEDOS" - Conjunto de mais de 600 TELAS executadas em técnicas diversas, distribuído em 4 Volumes, acompanhado de TEXTO-TESE indicativo que pode ser lido integralmente neste link de postagem anterior http://marmel-ton-marmel.blogspot.com/2011/05/nos-brinquedos.html#links - "NÓS, BRINQUEDOS: porque desde a infância somos nossos próprios brinquedos, realizações, sonhos, projetos, inventos, alegrias e decepções." (MarMel) - "Ninguém te sacudiu pelos ombros quando ainda era tempo. Agora, a argila de que

segunda-feira, dezembro 28, 2015

BRINQUEDOS

Como você está vivendo? Sua vida é apenas composta por um dia atrás do outro? ou de pequenos milagres diários?


Sabe quem decide isso? Você... logo ao levantar-se da cama, mediante suas atitudes. O que diferencia as pessoas, no mundo de hoje, é a atitude de ser feliz. Você, por acaso, já observou que ninguém gosta de ficar perto de alguém reclamão, mal-humorado? Que, mesmo que as coisas ao seu redor se afigurem péssimas, quando você encontra alguém feliz, até os problemas parecem que nem são tão grandes assim? Isso acontece porque a felicidade não está em somente viver; mas em "saber" viver. Não vive mais aquele que tem uma longa existência, mas o que melhor vive, porque a vida não se mede simplesmente pelo tempo, mas pelo emprego que dele fazemos. '
Seja feliz! O que você está esperando?!
Para muitas pessoas, a felicidade é semelhante a uma bola, UM BRINQUEDO: querem-na de todo jeito e, quando a possuem, dão-lhe um chute".
E falando em brinquedo objeto, que foi tema que abordei em centenas de trabalhos de artes, veio-me a memória que...
Numa certa época, houve um menino apaixonado por patins. Era tudo o que ele queria na vida. Pediu, implorou, tanto fez que, um belo dia, eis que conseguiu! Ficou muito feliz com par de patins, tão feliz que não se desgrudava dele um só minuto.
Era dia e noite, o menino e os patins.
Só que, no primeiro tombo, no primeiro arranhão, ele ficou com muito medo dos patins e resolveu guardá-los. Os patins ainda eram a coisa que ele mais queria naquele momento. O que ele mais gostava de fazer era estar com eles. Mas preferiu não arriscar e não usá-los mais, pois poderia se machucar, ferir-se.
O tempo foi passando, e os patins guardados.
Passaram-se anos, e o garoto esqueceu os patins.
Então, em um belo dia, ele se lembra, sente tanta saudade daqueles patins! Resolve recuperar o tempo perdido. Vai até o armário, revira tudo e, finalmente, encontra-os. Corre para calçá-los e, aí, tem uma surpresa: os patins não cabem mais nos seus pés.
O menino, acometido de uma profunda tristeza, chora e lamenta os anos perdidos, lamenta o que não vai mais poder recuperar. É claro que ele poderia comprar outro par, mas nunca seriam iguais àqueles...
Bem ... as pessoas são assim, como o menino da história...
Guardamos sentimentos, com medo de vivê-los, com medo de nos machucar e, depois, quando resolvemos retomar esses sentimentos, quando sentimos saudade do que eles nos proporcionavam, provavelmente eles já passaram de sua melhor fase, que foi interrompida, perderam-se ou não servem mais.
Aqueles patins eram especiais para o menino, eram únicos. Por mais que comprasse patins novos, nenhum outro seria igual àqueles que ficaram guardados, tão-somente por falta coragem de continuar tentando.
Deixe as besteiras de lado, os ressentimentos e os medos e viva o dia de hoje! O que importa é o presente... é ser feliz! Não guarde seus patins!
.