TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

segunda-feira, janeiro 17, 2011

RIO, ATÉ QUANDO EU NÃO SORRIO?

FOGO DE MORRO ACIMA, ÁGUA DE MORRO ABAIXO.... 


É assim que as coisas estão no Rio de Janeiro.


ATÉ QUANDO, RIO? ATÉ QUANDO NÃO SORRIO?








































Até quando a polícia terá que subir nos morros a custa de muito fogo e tiro trocado com bandidos e marginais para libertar famílias vítimas do flagelo social, impor a lei, levar a ordem, a justiça social, o estado de direito, o desenvolvimento social, a educação, cultura, saúde, trabalho, lazer, condições dignas mínimas de sobrevivência a dezenas de milhares de brasileiros?

Até quando milhões de famílias ainda serão soterradas e mortas pela força e quantidade de água que desce morro abaixo. Até quanto milhares terão que morar e viver em clareiras de matagais em pé de serra, em morros, em cidades, em palafitas montadas em morros íngremes ou centros urbanos sem a menor infraestrutura ou estrutura deficitária de limpeza, higiene, coleta de lixo, saúde urbana?

Até quando o brasileiro irá continuar rindo de tudo, de todos e até da própria desgraça sem tomar uma atitude séria, sem assumir uma atitude digna e de  responsabilidade na vida para não continuar padecendo as desgraças que todos os anos são escancardas em noticiários de norte a sul do país?

ATÉ QUANDO?!
QUANDO A GALINHA NASCER COM DENTES ?