TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

SEGUIDORES DE MARMEL

TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

segunda-feira, janeiro 17, 2011

RIO, ATÉ QUANDO EU NÃO SORRIO?

FOGO DE MORRO ACIMA, ÁGUA DE MORRO ABAIXO.... 


É assim que as coisas estão no Rio de Janeiro.


ATÉ QUANDO, RIO? ATÉ QUANDO NÃO SORRIO?








































Até quando a polícia terá que subir nos morros a custa de muito fogo e tiro trocado com bandidos e marginais para libertar famílias vítimas do flagelo social, impor a lei, levar a ordem, a justiça social, o estado de direito, o desenvolvimento social, a educação, cultura, saúde, trabalho, lazer, condições dignas mínimas de sobrevivência a dezenas de milhares de brasileiros?

Até quando milhões de famílias ainda serão soterradas e mortas pela força e quantidade de água que desce morro abaixo. Até quanto milhares terão que morar e viver em clareiras de matagais em pé de serra, em morros, em cidades, em palafitas montadas em morros íngremes ou centros urbanos sem a menor infraestrutura ou estrutura deficitária de limpeza, higiene, coleta de lixo, saúde urbana?

Até quando o brasileiro irá continuar rindo de tudo, de todos e até da própria desgraça sem tomar uma atitude séria, sem assumir uma atitude digna e de  responsabilidade na vida para não continuar padecendo as desgraças que todos os anos são escancardas em noticiários de norte a sul do país?

ATÉ QUANDO?!
QUANDO A GALINHA NASCER COM DENTES ?