TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

quarta-feira, setembro 23, 2015

5 MINUTOS

No parque, uma mulher sentou-se ao lado de um homem, em um banco perto do playground.

- Aquele, logo ali, é meu filho, ela disse, apontando para um pequeno menino que usava um suéter vermelho e que deslizava no escorregador.

(O Garoto. Trabalho elaborado em diversas técnicas pertencente a série Nós Brinquedos, 
volume 3 - A volta dos que não foram, de autoria do artista Ton MarMel) 

- Um bonito garoto!

O homem respondeu e completou: - Aquela que está usando vestido branco, pedalando a bicicleta, é minha filha.

Então, olhando o relógio, o homem chamou a filha: - Melissa, o que você acha de irmos?

E Melissa suplicou: - Mais cinco minutos, pai, por favor! Só mais cinco minutos.

O homem concordou e Melissa continuou pedalando a bicicleta, para alegria de seu coração.

Os minutos se passaram e o pai levantou-se e novamente chamou sua filha: - Hora de ir agora?

Outra vez Melissa pediu: - Mais cinco minutos, pai. Só mais cinco minutos.

O homem sorriu e disse: - Está certo!

- O senhor é certamente um pai muito paciente!
A mulher comentou.

O homem sorriu e falou: - O irmão mais velho de Melissa, Tommy, foi morto por um motorista bêbado no ano passado, quando andava em sua bicicleta, perto daqui. Eu nunca passei muito tempo com Tommy e agora eu daria qualquer coisa por apenas mais cinco minutos com ele. Eu me prometi não cometer o mesmo erro com Melissa. Ela acha que tem mais cinco minutos para andar de bicicleta. Na verdade, eu é que tenho mais cinco minutos para vê-la brincar.

Em tudo na vida estabelecemos prioridades. Quais são as suas prioridades?

Dê a alguém que você ama mais cinco minutos de seu tempo, hoje!