TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, setembro 28, 2012

A MORTE DA TV

(Themistocles Martins de Sousa Rocha e o anúncio da TV natimorta)
 
Acessando a internet para simples pesquisa, vários e indesejáveis spam’s de propagandas surgiram na tela do computador como vírus. Na maioria eram propagandas de aparelhos eletrônicos e dentre essas haviam as de T.V’s de todos os tamanhos e com funções diversas, e, não sei o por que, lembrei de meu avô (Themístocles Martins de Sousa Rocha) dizendo profeticamente que “Televisão era coisa de doente de hospital, de gente que precisava ficar imóvel, que não podia fazer muita coisa, que não tinha muita coisa para fazer ou que não queria fazer nada – nem pensar”.
 
Ora, eu não tenho - e nunca tive – muito tempo para assistir T.v; eu nem tenho T.v de modelo atual! E, hoje, nem me interessa a T.v! Até porque tudo que acontece na T.v se pode ver e fazer no computador com liberdade de escolha de programação, com interação ampla e quase irrestrita, sem perda de tempo e foco, sem perda de objetivo e não se tem que ver graciosamente propaganda do que não se quer e não se precisa, principalmente em se tratando de televisão que possui canais com grade de programação aberta do tipo que não se paga para assistir.
 
Aliás, a única vantagem que ainda pode ser oferecida pelos fabricantes de aparelho de televisão é o tamanho da tela, e mesmo assim a utilidade prática da televisão se resume a ocasião de quando se reúnem várias pessoas, no mesmo ambiente, para assistirem ao mesmo programa e se - e somente se – não houver opção de programa melhor para fazerem juntas, aproveitando a oportunidade cada vez mais rara de estarem reunidas. No mais, jaz sepultados sob pá de cal o aparelho de televisão e o tradicional aparelho telefônico, que servia apenas para se falar e ouvir, sem oferecer a possibilidade de se poder ver ao mesmo tempo – ao vivo e em cores! – a pessoa com a qual se conversava: vantagem a mais do computador, inclusive de bolso.
 
Aliás, para bilhões de internautas usuários de redes sociais a televisão é usada do mesmo modo que o rádio foi utilizado no passado, ou seja, é acessório de fundo para alguma coisa principal e mais importante que se faz na vida pessoal; só serve como aparelho transmissor de som (dotado da vantagem de transmitir imagem) enquanto se faz qualquer outra coisa, inclusive no computador.
 
[P.S. (“Post Scriptum”: depois do escrito): Themístocles Martins de Sousa Rocha foi Tabelião, funcionário público cartorário, poeta, etc.. Casou com Araci Martins da Rocha, tiveram doze(12) filhos em mais de 60 anos de casados e, pelo visto, enquanto rolava a programação no rádio ou na Tv gostavam muito da fruta. Portanto, "vovô viu a uva" e muito mais].
 
 
 
Ton MarMel – anTONio MARtins MELo