TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

sexta-feira, outubro 10, 2014

MAB - MUSEU DE ARTE DE BRASÍLIA E PROJETOS CULTURAIS ABANDONADOS

MAB - MUSEU ABANDONADO EM BRASÍLIA E PROJETOS CULTURAIS ABANDONADOS: UM CRIME CONTRA A CULTURA.
Denúncia: Fechado desde 2007, Museu de Arte de Brasília - MAB está tomado pelo mato. 
.


(Proposta para Frejat 22 Governador de Brasília e do DF: Pela retomada dos espaços e projetos culturais de Brasília que estão abandonados, por Ton MarMel)



 
(Fotos do MAB - Museu de Arte de Brasília)

.
O Museu de Arte de Brasília (MAB) abriu as portas em março de 1985 e, desde então, enfrenta uma batalha constante para manter-se vivo e digno de ser categorizado como uma instituição destinada a abrigar obras de arte. É uma batalha de Dom Quixote, amparada por uma série de cavalheiros cuja musa é um precioso acervo de mais de 2 mil obras capazes de contar a história da arte brasileira e brasiliense nas últimas oito décadas.
 .
Fechado desde 2007 por recomendação do Ministério Público, que considerou as instalações do museu no Setor de Hotéis e Turismo Norte um risco para o acervo, a instituição já foi uma referência para artistas da cidade e um ponto de convergência cultural, no qual o encontro de gerações ajudava a formar público e profissionais a exemplo de Ton MarMel e dezenas de outros artistas renomados inclusive internacionalmente.
 .
Já foram três as tentativas de reforma do museu, nenhuma delas realmente efetivada. Agora, a Secretaria de Cultura do Distrito Federal acena com um terceiro projeto, que, se sair do papel, pretende fazer as reformas estruturais necessárias para abrigar com dignidade a coleção."
.
(...)



(Fonte: Nahima Maciel, via Correio Braziliense)