TRADUTOR / TRANSLATER

TRADUTOR / TRANSLATER / TRADUCTEUR / TRADUCTOR / TRADUTTORE
English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Quem sou eu

Minha foto

Bem vinda(o) à página de Ton MarMel, Artista Visual, que desde criança manifestou dotes para pintura, desenho, escultura, frequentou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, recebeu inúmeros prêmios, participou de dezenas de salões de artes, exposições INDIVIDUAIS no Brasil e exterior, é Advogado, doutor em Direito Público há mais de 15 anos, que tem a missão de oferecer obras de artes, serviços artísticos experientes e conhecimentos de excelência com criatividade, segurança e eficiência, inclusive para ASESSESSORIA ARTÍSTICA, CONSULTORIA ON LINE.  (º--º)  Meu trabalho é conhecido e reconhecido por várias pessoas físicas e jurídicas pois presto serviços e ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS E EM GRUPOS, inclusive como PALESTRANTE sobre arte social, direito, projetos sociais de relevância, desenvolvimento pessoal, motivação, empoderamento, liberdade emocional.



TOTAL DE VISITANTES

TOTAL DE VISITANTES

SEGUIDORES DE MARMEL

PESQUISAR NESTE SITE?

RECEBER NOTÍCIAS DE PUBLICAÇÕES? DIGITE E-MAIL

quarta-feira, dezembro 05, 2012

VÊNUS NO ESPELHO: DIEGO VELÁZQUEZ

(DIEGO VELÁZQUEZ. Título: “Vênus no Espelho”. Data da obra: 1648 - 1651. Dimensões da obra original: 175 x 123 cm.)


VELÁZQUEZ viveu entre 1599 e 1660. Descendente de nobre família de origem portuguesa, Diego Rodriguez de Silva y Velázquez nasceu em Sevilha em 1599, e recebeu nessa cidade sua primeira formação. Estudou pintura com Herera, o Velho, e com Francisco Pacheco, teórico de arte que soube respeitar suas tendências e sua individualidade como pintor, e foi Pacheco quem o apresentou a seus amigos nobres e introduziu-o na sociedade espanhola, tornado-se mais tarde seu sogro.













 
Aos 24 anos Velázquez foi nomeado pintor oficial do rei e durante esse período enquadra-se na escola de Sevilha e caracteriza-se pela escolha de temas populares,  modelos plebeus, hermetismo quase arquitetural de composição e contrastes de luz e sombra.
 


 
 Nomeado aposentador do Palácio, encarregado dos alojamentos, das festas e da decoração desde 1652, acumulou tantos encargos que praticamente desistiu de suas pesquisas em busca de um equilíbrio entre a serenidade humana e a perfeição técnica.
 

 
Talento indiscutível, perfeito conhecedor de uma técnica admirável, usou seus modelos e seus temas mais para fixar na tela a essência dos seres e das coisas.

 
 

 
De suas mais célebres pinturas ressaltam-se os retratos de Filipe IV, do Duque de Olivares e do Papa Inocêncio X, bem como “A Rendição de Breda”, obra-prima de composição na qual retrata a vitória do espanhol Spínola sobre o holandês Nassau.